Semana Integrada do Meio Ambiente de Bauru










Histórico

No ano de 2000, a SIMAB teve sua primeira edição, e até o ano de 2003 o evento foi realizado no Teatro Municipal de Bauru, com atividades voltadas ao ensino fundamental e palestras relacionadas ao ensino superior.

Em 2004, o tema escolhido foi Cidade Saudável, cujas atividades foram desenvolvidas durante a semana de 31 de maio a 04 de junho. No dia 05 de junho (Dia Mundial do Meio Ambiente) as comemorações foram na Praça Rui Barbosa (região central da cidade), onde se encerrou a V SIMAB. Esta quinta edição teve a participação de cinco mil pessoas.

Em 2006 o tema abordado foi “Tecnologia e Meio Ambiente”, em que os participantes foram convidados a uma reflexão sobre a origem de um produto com forte identificação com nosso município: o sanduíche Bauru. O objetivo foi demonstrar que este produto tem origem no meio natural e gera impactos até se tornar de fato um lanche. Conceitos de conservação ambiental foram apresentados de forma lúdica por meio de uma sequência de estantes.

Em 2007 o tema abordado foi: “As diversas fontes de energia e sua influência no meio ambiente”, visando despertar para o uso de fontes de energia pelo homem que tem se constituído em motivo de progresso e de devastação, associado sempre às opções sociais e políticas dos povos e civilizações. O atual perfil de consumo das diferentes fontes de energia teve origem na Revolução Industrial. No final do século XVII houve a substituição de energias renováveis pelas não renováveis, com isto, todo o desenvolvimento tecnológico se deu sobre estas fontes, aumentando ainda mais as necessidades destas energias. A partir de 1998, segundo as Nações Unidas, o consumo mundial de energia primária proveniente de fontes não renováveis (petróleo, carvão, gás natural e nuclear) correspondeu a aproximadamente 86% do total, cabendo apenas 14% às fontes renováveis (solar eólica e biomassa, por exemplo).

A proposta foi integrar as unidades de ensino de Bauru à Semana Integrada de Meio Ambiente, através da participação dos alunos na visitação e exposição de trabalhos.

Em 2008 o evento contou com inúmeras atividades entre palestras, apresentações de projetos e mesas redondas para o mais diversificado público, espetáculos teatrais e contação de histórias para o público escolar, cujo objetivo foi abordar diversos assuntos relacionados a questões ambientais, buscando a sensibilização e conscientização dos participantes em relação à preservação e conservação ambiental.

Em 2009 foram previstas algumas inovações tanto no formato quanto no público envolvido, pois os eventos foram programados para ocorrer em diversos pontos da cidade para que assim um maior número de participantes pudesse ser atingido, descentralizando as ações, possibilitando uma participação maior de toda a população bauruense.

Houve também uma mudança em relação à temática: em 2009 foram abordados cinco temas durante a Semana dentro de um tema maior: “Rumo ao Município Verde”, envolvendo Mata Ciliar, Arborização Urbana, Lixo Mínimo, Uso da água e Estrutura Ambiental. Além das alterações de local do evento e número de temas abordados, houve também a reformulação da logomarca do projeto, desenvolvida pelo Designer André Petraglia.

Em 2010, o tema selecionado foi a Recuperação Ambiental e também houve descentralizarão das atividades. As palestras concentraram-se, principalmente, no Colégio Dinâmico, abordando os temas “Unidades de conservação”, “Recuperação de áreas degradadas”, “Saneamento Ambiental”, e “Gestão de Recursos Hídricos”. Houve atividades para crianças, que ocorreram no Centro de Educação Ambiental Rio Batalha , com a palestra “Tratamento e uso racional de água”, visitas monitoradas ao Jardim Botânico e Horto Florestal, além da Caravana Ambiental, que programou diagnóstico ambiental de cada escola municipal do 6 ao 9 ano, com palestras e plantio de espécies arbóreas. (abordou a importância da Arborização Urbana e foi feita plantação de mudas nas escolas). Também houve caminhada com plantios, saindo da Praça Copaíba, atividade na Praça Rui Barbosa, com orientação sobre Coleta Seletiva, orientação sobre doenças e doação de mudas. No meio rural comemorou-se o dia do campo e a festa junina.

No ano de 2011 o tema escolhido foi O que você tem feito pelo Meio Ambiente? cujas atividades foram desenvolvidas entre 30 de maio e 05 de junho. As atividades seguiram descentralizadas procurando abranger a educação sócio-ambiental através de atividades como palestras: O papel do Jd. Botânico de Bauru na conservação e educação; Sistema Agroflorestal; O que a economia tem feito pelo Ambiente?; Cuidando do meu ambiente; Destinação final das embalagens de Agrotóxicos; Consciência Ambiental nas Instituições Públicas; Dia de Campo sobre fossa séptica biodigestora; Gerenciamento de Resíduos Químicos e seus impactos ambientais; Eficiência Energética; Meio ambiente, Tecnologia e Comunicação Digital; Tratamento de Resíduos Sólidos e a reciclagem energética; O verde e sua Importância; Um alerta: poluição das águas; Mudanças Climáticas. Painel: Projetos de Extensão Educação Ambiental. Atividades ecológicas: Recolhimento de lâmpadas; Distribuição de Mudas UNESP/CTI. Apresentações: Projeto Perspectiva e Perspectiva Júnior. Oficinas: Oficina de Ecoprodução. Feiras: Feira da Barganha e da Sucata. Encerramento: Apresentação de bandas regionais, Exposição Labsol, recolhimento de lâmpadas fluorescentes pela Witzler, Denguetes, doação de mudas,mutirão de limpeza, Criança Ecológica e oficinas.

No ano de 2012 o tema escolhido foi Economia Verde: Ela te Inclui? cujas atividades foram desenvolvidas entre 02 de junho e 06 de junho. As atividades prosseguiram de forma descentralizada através das palestras: Ecomigo, Responsabilidade Individual com o Meio Ambiente; Logística Reversa de Eletroeletrônicos – Impactos na Saúde e Meio Ambiente; Workshop "É possível produzir seu próprio combustível a partir dos seus resíduos?; Co-responsabilidades na nova forma de lidarmos com os resíduos; Lixo eletrônico com os alunos de Tecnologia em Redes de Computadores; Gestão de Resíduos, conhecer para colaborar; Crimes Ambientais do Cotidiano; Consumo Consciente; Resíduos da Área da Saúde; Logística Reversa e Sustentabilidade; Lixo Eletrônico: Descarte Sustentável; Mesa Redonda Cadeia Sustentável; Destinação Correta de Resíduos da Saúde (com foco em medicamentos); Logística Reversa: um novo desafio para as empresas. Atividades ecológicas: Plantio de Árvores Frutíferas; Distribuição de mudas. Oficinas: Construção da árvore de atitudes em defesa do meio ambiente; Cálculo da pegada ecológica; Construção da Árvore de Atitudes em Defesa do Meio Ambiente. Exposição de Banner sobre Lixo Eletrônico e Resíduos da Área da Saúde; Filme com temática ambiental.

Em 2013, o tema escolhido foi “Estilo de vida: ação e reação no ambiente” e as ações foram realizadas no período de 3 a 8 de junho. O objetivo da SIMAB 2013 foi discutir o impacto do estilo de vida das pessoas no meio ambiente. Para isso foram realizadas palestras, exposições, atividades e visitas técnicas. Atividades em destaque: a "Cápsula do Saber" no calçadão da Batista e a "Pedalada Ambiental Estilo de Vida", um passeio ciclístico entre a praça Nabih Gebara e o kartódromo. Programação SIMAB 2013

2014 foi a vez do tema “Mudanças Climáticas: em busca do equilíbrio”, entre 2 e 6 de junho. Em destaque o Encontro Ambiental na Praça Rui Barbosa, que reuniu diferentes exposições, teatro e música. Também se destacaram as palestras “Consumo consciente e os 4 erres”; “As mudanças climáticas em Bauru” ; “Mudanças Climáticas no Pleistoceno”; “Apresentação do Plano de Resíduos Sólidos de Bauru” e “Cidade, Cerrado e Mudanças Climáticas”. Programação SIMAB 2014

O tema de 2015 foi "Inovação e Atitude - em busca da sobrevivência", e o evento ocorreu entre os dias 30/05 e 03/06. Tiveram destaque o Trote Solidário “Conscientização ambiental - resíduos sólidos e o ambiente urbano”, as visitas realizadas pelos alunos das Escolas Municipais ao museu ferroviário e às cooperativas de catadores de materiais recicláveis e a exibição do filme Quixote Reciclável, na Secretaria de Cultura. Foram programadas atividades no Parque Vitória Régia, que, devido a chuvas, aconteceram no dia 21/06. Participaram diversas organizações com propostas de conscientização ambiental. Programação SIMAB 2015

Em 2016, o tema trabalhado foi “Responsabilidade Integrada: estamos fazendo nossa parte?”. As atividades ocorreram de 30 de maio a 08 de junho de 2016. Diversas instituições preocupadas com a causa ambiental desenvolveram juntos com a Comissão Organizadora da SIMAB uma grande programação de atividades voltadas à sensibilização quanto as questões ambientais. A intenção foi valorizar as ações positivas que a comunidade, poder público, privado e instituições de ensino têm realizado para melhorar a qualidade do meio ambiente de nossa cidade e através de um intercâmbio entre os diversos participantes, levar ao maior número possível de pessoas, práticas de Educação Ambiental que contribuam com mudanças positivas de atitude. Um dos objetivos desta SIMAB foi de despertar nas pessoas a responsabilidade que cada um tem pelo meio ambiente e que todos devem trabalhar juntos em busca de um ambiente mais justo e sustentável. Durante a SIMAB 2016, houve palestras em universidades, bate-papos e contação de história em escolas, seminário, visitas ao Centro de Educação Ambiental Rio Batalha e ao Museu do Café em Piratininga, oficinas, atividades em bairros, feira ambiental, entre muitas outras atividades. Programação SIMAB 2016

Semma
Secretaria Municipal do Meio Ambiente - Bauru/SP